Um dos pontos mais importantes da decoração de uma casa são as combinações de tons que serão usados nas paredes de cada cômodo. O problema é que nem sempre as pessoas se sentem seguras para decidir sobre as cores de parede.

Isso acontece por uma questão muito simples: a quantidade de opções disponíveis no mercado. Para driblar essa indecisão, o morador precisa estabelecer critérios para suas escolhas.

Para ajudá-lo nessa missão, nós decidimos dar 5 dicas que farão com que você opte pelas melhores cores de parede. Vamos lá?

1. Respeite o objetivo do quarto

A cor das paredes deve respeitar o objetivo do cômodo. No caso dos quartos, os tons usados devem incentivar o descanso. Por isso, muitas pessoas escolhem tons mais claros, uma vez que eles transmitem sensação de tranquilidade.

Além disso, essas cores exigem iluminação mais branda — o que também ajuda os moradores a descansarem melhor.

2. Defina o projeto da sala de estar

A sala costuma ser o principal ambiente do imóvel e, normalmente, o mais requintado. Por isso, é recomendado que as cores façam parte de um projeto de decoração. Por exemplo: uma decoração que deseje transmitir luxo pode se valer de uma paleta mais escura.

Por outro lado, uma sala mais bucólica, com móveis de madeira, pode usar cores de parede mais claras em contraste com cores fortes, como o tradicional branco e azul, comum em casas do interior.

As cores da parede não são as protagonistas do design da sala, elas são peças que fazem parte de um conceito.

3. Evite modismos na fachada

Ninguém quer errar as cores de parede que serão usadas na fachada, não é verdade? Uma dica rápida para não passar por esse incômodo é evitar os modismos.

De vez em quando, uma cor se populariza e todos passam a usar suas variações, e isso prejudica as paisagens urbanas, uma vez que os imóveis acabam ficando muito parecidos.

Outra dica é respeitar a arquitetura do seu imóvel e os elementos externos, como jardins.

4. Use a tecnologia

Seu smartphone pode ajudá-lo na escolha das cores de parede. Alguns aplicativos, como o da Coral, mostram como as paredes ficarão depois de serem pintadas com o tom escolhido. Nesse caso, o app sugere as cores comercializadas pela empresa, mas nada impede o morador de buscar tons semelhantes de outras marcas.

Outro aplicativo interessante é o Pocket Color Wheel (IOS), um círculo cromático — ferramenta muito usada por artistas, arquitetos e desenhistas. Ele mostra variações de tons de cores que se completam. Isso evitará erros na combinação de cores.

5. Fique de olho nas tendências

Todos os anos, profissionais da decoração lançam tendências de cores para as casas. Em 2019, cores neutras como o capuccino e o chocolate ganharam destaque e são sugestões para os ambientes internos.

Outro tom que merece sua atenção é o flanela. Ele se assemelha a um cinza e contribui para um ambiente moderno e elegante.

Como vimos, escolher as cores de paredes não é tão difícil quanto você imaginava, não é verdade? Basta um pouco de paciência, definição de um objetivo e, claro, muita inspiração. Por isso, preste atenção nas cores da cidade que fazem parte do seu dia a dia.

Você também pode se inspirar lendo outros artigos aqui do blog. Temos um material bem legal, no qual mostramos tendências de decoração para apartamentos.